DDS – Prevenção de acidentes ao utilizar chave de boca

Prevenção de acidentes com chave de boca

A chave de boca é praticamente insubstituível. Seja em indústrias ou em nossas  casas, elas estão sempre presentes. Os acidentes envolvendo as chaves de boca também são muito frequentes e quase sempre são resultados da utilização incorreta dessa ferramenta.

Casos em que a chave de boca representa um risco parta seu usuário:
    • Chave maior do que a porca. Neste caso, muito provavelmente, ela vai escapar e, além de danificar as bordas das porcas, poderá causar um acidente;

  • Através da utilização de uma chave de boca de extremidade aberta com as garras trincadas ou danificadas;
  • Colocando um pedaço de cano no cabo para aumentar a força. A chave não foi projetada para suportar esse esforço adicional;
  • Uso de cunha (como a ponta de uma chave de fenda) para completar o encaixe da chave de boca na porca ou cabeça do parafuso;

Porém, mesmo quando utilizamos a chave correta, existem outros erros que podemos cometer:

    • Empurrar a chave, ao invés de puxar. Se você precisar de empurrar, use a palma de sua mão para que as juntas de seus dedos não sejam expostas;

  • O não encaixe da chave completamente na porca. Ela poderá escapar sob pressão;
  • A aplicação de pressão antes de se sentir totalmente equilibrado. Você poderia cair se a porca subitamente afrouxar ou a chave escapar;
  • Bater na chave com um martelo. Isto danificará a chave e também criará um outro risco;
  • Usar as chaves com as mãos sujas de óleo;
  • Girar uma chave ajustável de maneira incorreta. A pressão deve ser sempre na garra fixa, que é a mais forte das duas.

Darcy Mendes Darcy Mendes (772 Posts)

Técnico em Segurança do Trabalho, graduado em Gestão Ambiental e especialização em Prevenção e Combate a Incêndio. Nas horas vagas sou músico e professor de violino!!!


5 thoughts on “DDS – Prevenção de acidentes ao utilizar chave de boca

  1. Apesar de ser uma ferramenta simples, muitos de nós não atentam para os riscos associados á Chave de Boca. Por isto, é preciso possuir Capacitação Técnica ou Qualificação ( que é o Conhecimento Teórico e Tema deste DDS ) e a Capacitação Prática ou Habilitação para o seu correto manuseio, quer seja no Ambiente Domestico ou na Industria.

  2. Esse DDS é interessantes!!! Não sei o que seria de nós recem prevencionistas , sem esse blog de segurança!!!Estou muito grato pelo DARCY, Nestor e outros que fazem esse blog ser o que é!!!!Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você é um robô? *