Drogas são responsáveis por grande parte dos acidentes de trabalho.

 

A preocupação com o uso de drogas no trabalho pode ser vista nas inúmeras palestras realizadas nas empresas sobre esse assunto. Pesquisas realizadas pela OIT mostram que 20 % dos acidentes de trabalho são causados pelo uso de droga. Vale lembrar que nesses números estão incluídas as chamadas drogas lícitas, principalmente o álcool e os remédios..

Em termos de análise de acidentes, nem sempre é possível chegar a esse nível de detalhe se não não houver uma cooperação entre os setores da empresa, ou seja, as informações devem ser claras por todas as partes. Se o departamento médico sabe que o funcionário toma algum medicamento, isso deve aparecer na hora da investigação. Do mesmo modo que os supervisores também devem relatar se esse funcionário é usuário de algum tipo de droga. A causa raiz do acidente pode acabar camuflada em algum outro item se não for levada a fundo a análise. 
Desses 15 anos que trabalho na área, poucas vezes vi alguém citar esse tipo de fator pessoal em uma investigação de acidente. Isso ainda é um tabu na maioria das empresas. É sabido que existem muitos usuários de drogas e, nesse caso, estou falando das ilícitas, porém, a maioria finge que não sabe de nada para não se complicar.
 
Darcy Mendes Darcy Mendes (772 Posts)

Técnico em Segurança do Trabalho, graduado em Gestão Ambiental e especialização em Prevenção e Combate a Incêndio. Nas horas vagas sou músico e professor de violino!!!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você é um robô? *