Gestão de riscos nas atividades de hidrojateamento

O PROCESSO DE GESTÃO DE RISCOS NAS ATIVIDADES DE HIDROJATEAMENTO
gerenciamento de riscos em hidrojateamento1 Identificar os riscos
O primeiro passo na gestão de riscos associados às operações de jateamento de água de alta pressão é identificar todos os perigos que poderiam causar danos às pessoas. Estes podem ser identificados por:

  • A realização de uma inspeção para avaliação do local de trabalho;
  • Observar o trabalho e conversar com os trabalhadores sobre como realizar a tarefa com jato de água;
  • Inspeção das instalações e equipamentos utilizados durante as operações de jateamento de água de alta pressão;
  • Observação dos procedimentos de segurança e manuais de instruções do fabricante;
  • Falar com fabricantes, fornecedores sobre as melhores práticas para atividade de hodrojateamento;
  • Registrar todos os incidentes e gerar relatórios com investigações precisas.

Alguns exemplos de riscos na operação de hidrojateamento incluem:

  • Corte e forças de reação a partir de jatos de água de alta pressão;
  • Restos de materiais que estão sendo jateados;
  • Produtos químicos perigosos e materiais biológicos;
  • Ruído.

2 Avaliação dos riscos
A avaliação de risco pode ajudar:

  • Identificar quais os trabalhadores estão em risco;
  • Determinar quais as fontes e os processos estão causando os riscos;
  • Identificar que tipo de medidas de controle devem ser implementadas, e
  • Avaliar a eficácia das medidas de controle existentes.

 As seguintes perguntas podem ajudar com a avaliação :

  • Com que frequência e por quanto tempo a exposição ao risco deve ocorrer?
  • A exposta é considerado grave, moderada ou leve?
  • Qual é o material a ser jateado?
  • Quais são os revestimentos de superfície dos itens que estão sendo jateados? Contém algum material tóxicos? É reativo?
  • Quais são as condições em que as operações de hidrojateamentoo estão sendo realizadas? Por exemplo, eles são realizados em um espaço confinado?
  • Quais são as habilidades, competências e experiência dos operadores?

3 Controlar os riscos
Algumas medidas de controle são mais eficazes do que outras. As medidas de controle podem ser classificadas a partir do mais alto nível de proteção e confiabilidade para o menor . Esta classificação é conhecida como a hierarquia de controle .
Eliminando o risco
Isto significa a remoção do perigo ou trabalhos perigosos no local de trabalho. Esta é a medida de controle mais eficaz e sempre deve ser considerado antes de qualquer outra coisa.
Se eliminar o risco não for possível, você deve considerar o uso de substituição, o isolamento ou controles de engenharia, ou uma combinação dessas medidas de controle para minimizar o risco .
A minimização do risco
Substituição
Minimize o risco substituindo um método de trabalho perigoso por um que seja mais seguro.
Isolamento
Minimize o risco isolando ou separando o perigo de pessoas, por exemplo, a instalação de telas ou barreiras em torno das operações de jateamento de água.
Controles de engenharia
Controles de engenharia são medidas de controle físicas para minimizar o risco , por exemplo, controlar o jato de água mecanicamente.
Se um risco permanece, o coordenador da operação deve minimizar o risco remanescente, tanto quanto for razoavelmente possível, usando:
Os controles administrativos
Os controlos administrativos devem ser consideradas apenas quando outras medidas de controle de ordem superior não seja possível, ou para aumentar a proteção ao perigo. Estes são os métodos ou processos de trabalho destinados a minimizar a exposição a um risco, por exemplo, o revezamento de trabalhadores e diferentes tarefas para reduzir os riscos associados a períodos prolongados de operação utilizando ferramentas de movimentação manual repetitivas.
Qualquer outro risco remanescente deve ser minimizado, tanto quanto possível, através do fornecimento e garantindo o uso de:
Equipamento de proteção individual
Os EPIs serão sempre a última medida de ordem na hierarquia de controles. Exemplos de EPIs incluem o uso de óculos de segurança, proteção auditiva, capacetes de segurança com protetor facial, roupas de alta visibilidade, etc.
Combinando as medidas de controle
Na maioria dos casos, uma combinação das medidas de controle irá fornecer a melhor solução para reduzir o risco para ao menor nível possível. Você deve verificar as medidas de controle escolhidas para ter certeza de que não criou novos perigos.
4 A manutenção e revisão das medidas de controle
As medidas de controle implementadas para proteger a saúde e segurança deve ser revisto regularmente para se certificar de que eles são eficazes inclusive quando há uma mudança no local de trabalho. Se uma medida de controle não está funcionando de forma eficaz, deve ser revisto para garantir que  se torne eficaz no controle do risco .
Por exemplo, medidas de controle devem ser revisados ​​:

  • Quando uma lesão ou doença ocorre devido a exposição de um trabalhador  a um risco não avaliado anteriormente;
  • Antes de fazer alterações na forma das operações de hidrojateamento;
  • Antes de entrar em novas plantas ou utilização de novas técnicas de jateamento;
  • Se novas informações estiverem disponíveis para indicar que uma medida de controle não adotada não é eficaz;
  • Quando houver alterações na área em que se realiza o trabalho;

As medidas de controle devem ser revisados ​​em conjunto com os trabalhadores. Estes são muitas vezes capazes de identificar e propor rapidamente soluções para os problemas quando eles ocorrem.
As medidas de controle devem ser verificados usando os mesmos métodos que a identificação de perigos e avaliação de riscos inicial. Se o risco não for eliminado ou minimizado pela medida de controle escolhido, deve ser reiniciar as etapas de gerenciamento de riscos, analisar as informações e tomar novas decisões sobre o controle de risco.

Quem estiver usando equipamento de hidrojateamento deve seguir estas recomendações de segurança :

  • Os equipamento necessário nas proximidades das operações de jateamento deve ser blindados ou protegido de detritos e de entrada de água;
  • Qualquer instalação elétrica essencial deve atender aos níveis de proteção necessários contra a entrada de água ou detritos;
  • Pessoas não autorizadas devem ser mantidas fora das áreas de trabalho através de barreiras físicas (duras);.
  • As atividades de trabalho devem ser planejadas para fornecer acesso seguro ao equipamento e item ou superfície a ser de hidrojateada;
  • Operadores devem estar em uma posição segura e equilibrada antes de iniciar as operações de hidrojateamento;
  • Operações de hidrojateamento não deve ser realizada a partir de escadas ou outras superfícies não destinadas a utilização por parte dos trabalhadores, pois isso pode levar à perda de controle do equipamento de jateamento e consequente queda do trabalhador ou do equipamento;
  • Os operadores devem verificar que não haja interrupção ou interferência com o mecanismo de liberação de controles de mão ou do pé que poderia parar o equipamento operando com segurança e de acordo com as especificações do fabricante;.

A operação de hidrojateamento deve parar quando:

  • As condições mudam ou novos perigos são introduzidos;
  • Pessoas não autorizadas entrar na área de trabalho;
  • Os procedimentos de segurança não estão sendo seguidos, ou
  • ocorrer uma avaria no sistema;.
  • O sistema de hidrojateamento deve ser despressurizado quando não estiver em uso ou
  • quando os componentes estão sendo substituídos ou reparados.

SINAIS NAS OPERAÇÕES COM HIDROJATEAMENTO

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR

sinalização hidrojateamento

Darcy Mendes Darcy Mendes (772 Posts)

Técnico em Segurança do Trabalho, graduado em Gestão Ambiental e especialização em Prevenção e Combate a Incêndio. Nas horas vagas sou músico e professor de violino!!!


One thought on “Gestão de riscos nas atividades de hidrojateamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você é um robô? *