Técnico de segurança do trabalho – uma profissão apaixonante

Ser Técnico de Segurança do Trabalho exige bem mais do que apenas conhecimento técnico

 O curso de Técnico de Segurança do Trabalho ainda é muito procurado por pessoas que pretendem ingressar no mercado de trabalho.

O começo de tudo

A profissão de Técnico de Segurança do Trabalho passou a ser regulamentada a partir da publicação da Lei nº 7.410, de 27 de novembro de 1985. No entanto, muito antes disso já existiam os profissionais com títulos de supervisores de segurança. Muitos dos profissionais se formaram em cursos bastante reduzidos e viveram períodos de profunda adaptação à profissão e legislações então vigentes. Diga-se de passagem, esses profissionais foram os responsáveis pela implantação da verdadeira segurança do trabalho nas empresas. Mediante as dificuldades da época, muitos enfrentaram barreiras quase intransponíveis para conseguir manter os funcionários em segurança. É fácil imaginar que só sobreviveram aqueles que amavam a profissão e fizeram disso uma filosofia de vida.



A segurança do trabalho evoluiu

Com certeza o conceito de Segurança do Trabalho evoluiu muito e o reflexo está no número de acidentes que temos hoje. É claro que não vivemos em um mar de rosas e as dificuldades ainda existem e são muitas. Porém, com a dinâmica das atualizações nas legislações, passamos a ter uma maior liberdade de atuação profissional.

Algo que contribuiu para a melhoria na atuação dos profissionais, foram as atualizações nos cursos a partir de 1991, quando foram abertos novos cursos com uma grade curricular bastante arrojada. Quem se formou nessa época sabe da exigência de certas disciplinas (veja o texto Disciplinas do curso de Técnico de Segurança do Trabalho – O que é mais importante?). É claro que isso não garantia que todos os formandos se tornassem ótimos Técnicos de Segurança, mas forçou a categoria a se tornar mais preparada para o mercado de trabalho.

Por que ser Técnico de Segurança é apaixonante?

A primeira resposta que nos vem à cabeça é o fato de que estamos protegendo vidas. Só isso já torna nossa profissão diferenciada, mas existem muitos fatores que fazem com que nos sintamos gratos por ter escolhido essa carreira:

Conhecimentos

É uma profissão que nos obriga a buscar conhecimento em todas as direções. A quantidade de informação que estão em torno de nossas atividades nos levam a procurar saber sempre mais – e só aqueles que vão em busca desses aperfeiçoamentos têm a possibilidade de sobreviver no mercado que está bastante acirrado.

Convívio social no trabalho

Devido aos muitos treinamentos e palestras, acabamos por conhecer grande número de pessoas. Isso nos obriga a aprender a trabalhar de modo social em busca de resultados positivos para a empresa. Quantas vezes não somos procurados por funcionários que nos trazem problemas pessoais (nesse momento somos psicólogos), não é a toa que temos a disciplina de Psicologia do Trabalho. Saber tratar com todo tipo de pessoa é ponto básico na vida profissional de qualquer Técnico de Segurança do Trabalho. Se você, colega, já passou por isso, então pode ter certeza que está fazendo um bom trabalho na empresa em que atua.

Resultado bom é de todos. Ruim, é nosso!

Esse é um fato que temos que conviver com ele. Se a empresa vai bem em termos de prevenção de acidentes e saúde ocupacional, a equipe de segurança e medicina do trabalho não aparece, mas se os dados estatísticos não são favoráveis, nós ficamos em evidência. De alguma forma nosso trabalho deixou a desejar (mesmo que isso não seja verdade), cabeças podem rolar.

Conheço empresas que trocaram praticamente toda a equipe de segurança em virtude dos resultados negativos. É óbvio que não demorou muito para se perceber que os resultados mudaram com a nova equipe, pois o problema não estava no serviço de segurança.

Conclusão

Apesar de já estarmos a mais de 40 anos lutando pela redução de acidentes, ainda estamos longe de atingir nosso maior objetivo: o zero acidente. Isso nos faz crer que temos muito trabalho pela frente e nos impulsiona em direção ao aperfeiçoamento constante em busca de ferramentas para atingir nosso objetivo.

Procuramos criar laços dentro da empresa para multiplicarmos as forças contra os acidentes e fazermos com que os resultados positivos sejam alcançados. Não queremos aparecer e nem precisamos disso. Apenas queremos que nossos colegas de trabalham tenham uma vida segura dentro e fora da empresa  e que possam retornar íntegros para seus lares e desfrutar de uma vida saudável junto à sua família. Se com seguirmos isso, temos a certeza de que estamos fazendo nosso trabalho de forma profissional e eficiente.

Darcy Mendes Darcy Mendes (772 Posts)

Técnico em Segurança do Trabalho, graduado em Gestão Ambiental e especialização em Prevenção e Combate a Incêndio. Nas horas vagas sou músico e professor de violino!!!


3 thoughts on “Técnico de segurança do trabalho – uma profissão apaixonante

  1. Sou Tecnico de Segurança a partir de 1980, e me sinto honrado, disciplinado, educado, em ter o privilégio de agarrar com unhas e dentes, esta profissão tão maravilhosa, porque tudo que faço é com amor e dedicação. Faço tudo relativo ao Técnico, CIPA, PPRA, MAPA DE RISCO, SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA NO LAYOUT DAS EMPRESAS. ALÉM DO MAIS SEI FAZER PCMSO E LTCAT, PARA O MEDICO DE MINHA CONFIANÇA PARA ASSINAR.
    Me sinto honrado em ter abraçado esta profissão, pois foi através dela que tenho uma casa, como eu gostaria de “ter”. Aos colegas de profissão procurem fazer pesquisa, e procurarem fazer os vossos serviços com amor e dedicação. Obrigado por este espaço.
    Mirabou

    1. Pois é João, eu também já estou "antiguinho" na Profissão e, assim como você, também posso dizer que tudo que conquistei até agora foi por intermédio dessa Profissão.
      Obrigado pela participação e volte sempre!

  2. Oi Darcy,
    Empolgante esse texto mano!
    Relmente é uma profissão diferenciada e que merece muita consideração dos empregadores, muito embora, na maioria das vezes isso não acontece.

    Que possamos então todos os Técnicos de Segurança levantarmos com mais força e inteligência a bandeira da saúde e segurança do trabalho de norte a sul desse país!

    Abração 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você é um robô? *