Técnico em Segurança do Trabalho

O novo perfil do Técnico em segurança do trabalho

Não é novidade para ninguém de que o perfil do Técnico em segurança do trabalho exigido pelo mercado, mudou muito nos últimos anos. Entretanto, ainda encontramos colegas de profissão que não se enquadraram nesse novo perfil.

Neste artigo veremos o que mudou e porque ainda temos técnicos (ainda que sejam poucos), que permanecem com posturas mal vistas pelas empresas.

Técnico em segurança do trabalhoFISCAL DO TRABALHO

A posição do técnico de segurança do trabalho em relação aos trabalhadores, sempre foi o de “fiscal”, prevalecendo sempre sua palavra como especialista, quando o assunto era regras de segurança. Essa situação que perdurou por muito tempo, não era pela postura do Técnico em si, mas sim, pelas exigências e responsabilidades impostas aos profissionais que atuavam nas indústrias: Se tudo estava bem, ninguém se lembrava do pessoal do SESMT, mas se algo acontecia – “culpa da segurança que não fez nada”.

Isso era típico (ou ainda é) das empresas que possuem sua cultura de segurança na fase reativa: toda a responsabilidade pela segurança é do pessoal do SESMT. Nesta fase o Técnico em Segurança do Trabalho tendem a ser fiscais ou “técnico policial”, como era conhecido no passado. É claro que o Técnico de Segurança tem que ter postura firme quando o desvio acontece, mas é só com o evento e não com as pessoas.

PERFIL DO TÉCNICO X EVOLUÇÃO DA SEGURANÇA

As empresas que possuem uma boa estrutura em relação à segurança, saúde e meio ambiente, tendem a ter uma cultura de segurança mais evoluída. Sendo assim, a equipe de segurança tem seus objetivos focados, principalmente, na assessoria do que no trabalho braçal. Por essa ótica, percebemos que o perfil do Técnico de Segurança tem que mudar também, ou então estará fadado ao desemprego.

Então o que fazer para ser um bom Técnico?

Vejas essas dicas:

Dez dicas para ser um Técnico de Segurança de sucesso

Como ser um bom Técnico em Segurança do Trabalho

Perceba que, quanto mais evoluída a cultura de segurança de uma empresa, menos o Técnico de Segurança do trabalho se envolverá em questões de resolução simples de problemas, tais como:

  • Levantamento e solução de problemas rotineiros;
  • Registro e tratativa de desvios pessoais;
  • Treinamentos de segurança nas operações;
  • Construção de procedimentos operacionais com a inclusão de itens de segurança; etc.

Nos itens acima citados, dificilmente o Técnico estará envolvido diretamente, ou seja, a equipe operacional fará todo esse trabalho.

O Técnico de Segurança por sua vez, estará acompanhando todo o processo através de levantamentos estatísticos, revisão de procedimentos, auxílio técnico na solução dos desvios levantados, etc. Isso é o que chamamos de assessoria.

Obviamente que o Técnico participará de inspeções da área operacional, mas nesse momento será apenas um membro da equipe voltado para o registro (fotográfico ou em papel) dos itens encontrados. Deixando toda a responsabilidade da inspeção para a equipe operacional, bem como a elaboração dos planos de ações execução.

O controle das ferramentas de segurança também deve ser da área operacional, ficando a cargo do Técnico a compilação dos dados para serem apresentados em possíveis reuniões de Diretoria.

Notadamente já percebemos que o perfil do Técnico mudou muito em relação às rotinas antes empregadas em nosso dia-a-dia. Contudo, não podemos esquecer que ainda temos muitas empresas com um nível cultural de segurança muito baixo e, nesses casos, cabe ao técnico trabalhar para que chegue o momento em que ele seja apenas um assessor também.

Gostou desse artigo?

Deixe seu comentário, crítica e sugestões!

Darcy Mendes Darcy Mendes (772 Posts)

Técnico em Segurança do Trabalho, graduado em Gestão Ambiental e especialização em Prevenção e Combate a Incêndio. Nas horas vagas sou músico e professor de violino!!!


3 thoughts on “Técnico em Segurança do Trabalho

  1. Nossa esta foto e no Japão e se não me engano na rota 1 saída de Chiryu para Nagoya! !!! Morei 18 anos lá e hoje faço técnico em segurança do trabalho aqui no Brasil! !!! Gostei muito e realmente tem ainda técnico que não são bons técnico tvz pq não amem a profissão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você é um robô? *