Dicas para trabalhar com segurança em serviços elétricos

Este guest-post foi escrito por Herbert Faria do DDS ONLINE.

Para ver mais temas de DDS sobre elétrica clique no link: www.ddsonline.com.br/dds-temas/eletrica .

 

A eletricidade é mais que fundamental em nossas vidas. No dia-a-dia, quase tudo que se faz depende da energia elétrica. Porém, manuseada de forma incorreta, pode se tornar muito perigosa. As estatísticas mostram que a maioria dos acidentes que envolvem a rede elétrica e o público, a vítima morre.

Preocupada com isso, as empresas vem adotando ações que buscam informar e conscientizar os profissionais quanto aos riscos que a eletricidade oferece e divulgar a necessidade de se assumir um comportamento seguro no convívio com a mesma. Através destas ações estes profissionais precisam estar preparados para identificar os riscos em serviços elétricos.

 COMO EVITAR ACIDENTES COM ELETRICIDADE

 A energia elétrica proporciona muitos benefícios, mas sempre é necessário muito cuidado ao lidar com ela. O controle dos riscos de acidentes nos locais de trabalho exige que os procedimentos e recomendações de segurança sejam cumpridos.

Leia com bastante atenção algumas dicas para trabalhar com segurança em serviços elétricos que ajudam a prevenir acidentes no trabalho:

  1. Instalações elétricas só podem ser feitas e mantidas por trabalhador habilitado e qualificado com a supervisão de profissional legalmente habilitado.
  2. Mantenha a área de trabalho limpa. Áreas e bancadas cheias de entulhos são um convite aos acidentes.
  3. Procure sempre ler os manuais das ferramentas elétricas portáteis e as recomendações de segurança indicadas pelo fabricante.
  4. Aterre todas as ferramentas que não possuam duplo isolamento. Se a ferramenta foi equipada com um plug de três pinos, encaixe-o numa tomada de três entradas. Se estiver usando um adaptador para tomadas de duas entradas, fixe o fio adaptador num fio terra conhecido. Nunca remova o terceiro pino.
  5. Evite ambientes perigosos. Não use ferramentas elétricas em locais úmidos ou molhados e mantenha as áreas bem iluminadas. Quando necessário, adote plataformas isolantes, como tapetes de borracha e verifique se o cabo está em perfeitas condições de uso, além de aterradas.
  6. Nunca utilize bijuterias, jóias, roupas folgadas ou luvas que possam atrapalhar a operação. Elas podem agarrar-se em peças móveis. Use o vestuário apropriado. Use calçado e luvas de borracha quando se trabalha em áreas abertas.
  7. Segure as ferramentas com firmeza, pois há possibilidade destas ferramentas escaparem de suas mãos, por trabalharem em alta rotação.
  8. Não force a ferramenta. Ela fará melhor o trabalho e de maneira mais segura, se for usada sob as condições para as quais foi projetada.
  9. Ao realizar algum tipo de substituição de componente da ferramenta (broca, rebolo, etc.) retire o “plug” da tomada de energia.
  10. Faça uso de todos os EPI’s recomendado pelos profissionais de segurança.
  11. Sinalize e isole a área de trabalho de forma adequada.
  12. Portas de painéis elétricos devem permanecer fechadas e travadas. Quando visualizar qualquer porta de painel elétrico aberto e/ou destravado solicite o fechamento e/ou travamento do mesmo.
  13. Os painéis elétricos não devem ser obstruídos por qualquer tipo de material ou equipamento (rackscaixas, veículos industriais, carrinhos de manutenção, etc.)
  14. Os armários dos painéis elétricos não podem ser utilizados para guardar qualquer tipo de material.
  15. Só podem realizar intervenções nos painéis elétricos, empregados e contratados habilitados, treinados e com o EPI específico aos riscos da NR10.
  16. Ao realizar intervenções em painéis elétricos sinalize e utilize cadeados de segurança e cartão perigo.
  17. Os quadros gerais devem ser mantidos trancados, com seus circuitos identificados por escrito.
  18. Não separe as pernas do cabo elétrico. Se, acidentalmente, cortar o cabo ou danificar o isolamento de qualquer maneira, não tente repará-lo por sua conta. Entregue-a para substituição e/ou reparos imediatos.
  19. Não abuse do cabo. Nunca carregue uma ferramenta segurando pelo cabo elétrico, ou desligue da tomada puxando por ele. Mantenha o cabo afastado de fontes de calor, óleo ou bordas cortantes.
  20. Conheça a sua ferramenta elétrica. Aprenda suas aplicações e limitações, assim como os riscos em potencial associados à sua operação.

 LEMBRE-SE: A eletricidade não tem cheiro, não tem cor, por isso pode nos enganar.

Para aprender mais sobre os riscos em diversos serviços e como evitá-los visite o site do DDS Online e se inscreva no curso Online Segurança do Trabalho de A á Z.

Darcy Mendes Darcy Mendes (772 Posts)

Técnico em Segurança do Trabalho, graduado em Gestão Ambiental e especialização em Prevenção e Combate a Incêndio. Nas horas vagas sou músico e professor de violino!!!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você é um robô? *